20 de junho de 2010

As religiões insistem em disseminar o ódio e a homofobia até encontrar a morte

video


Este vídeo mostra como a homofobia, que as religiões insistem em pregar de forma frenética, pode destruir completamente a vida de muitas e muitas famílias.

As igrejas não têm a noção do alto grau de sofrimento, humilhação, tristeza, desprezo e violência que elas causam a milhões de Homossexuais no mundo todo, que querem apenas amar e serem amados.

Milhares de GLBTs tentam se suicidar todos os anos, e uma grande parte deles consegue, justamente por causa da terrível e cruel carga que a religião coloca sobre eles, fazendo com que a família os maltrate, rejeite, expulse ou renegue.

O resultado desse incansável trabalho religioso é obviamente o sofrimento, a angústia, o desespero, a discórdia e, por fim, a morte como única forma de fugir das garras da igreja.

Acompanhe no vídeo a desgraça ocorrida na família de Anna e veja como sua mãe conseguiu finalmente abrir seu coração e levantar a voz contra a campanha de morte das igrejas.

Padre católico mata um bebê afogado durante cerimônia de batismo

Padre devolve o bebê já quase morto aos parentes

Um padre da Moldávia está sendo investigado pela morte de um bebê que se afogou após ter sido submergido três vezes durante a cerimônia de batismo.

Familiares acusam o padre, Valentin Taralunga, da Igreja Católica Ortodoxa, de negligência ao prosseguir com a cerimônia apesar dos sinais de que a criança, de um ano e meio, estava se afogando na pia batismal.

Levado para ser socorrido, o bebê morreu a caminho do hospital. Os médicos que o atenderam diagnosticaram que a vítima morreu por afogamento, uma vez que foi comprovada a existência de água em seus pulmões. O padre está sendo investigado por homicídio culposo, punível com até três anos de prisão.

Ao prestar depoimento, o padre Taralunga negou as acusações e disse que obedeceu aos cânones religiosos que ensinam sobre a cerimônia de batismo.

A família repassou à polícia um vídeo amador do momento em que o religioso submerge a criança na água. O conteúdo do vídeo foi divulgado pelas TVs locais.

No vídeo divulgado, o bebê é visto com dificuldades de respirar logo após a primeira imersão. Segundo testemunhas, minutos depois a criança começou a espumar água benta pela boca e sangrar pelo nariz.

Charlatões do ocultismo cobram até R$ 3.000 para enganar suas vítimas


O pai de santo que atende pelo nome de Jerônimo cobra até R$ 3.000 para “amarrar” duas pessoas em 24 horas. Ele procura ser tão convincente, que em seu site, o Místicos e Bruxos, adverte: se quem o contratar tiver dúvida sobre seus sentimentos em relação à pessoa que quer amarrar, é melhor desistir, porque a união será para sempre.

Quem não puder pagar tanto, ele cobra R$ 2.000, mas a "amarração" só de dará em cinco dias, ou R$ 1.000, para o prazo de uma semana. Ele informa que seus poderes vêm do jogo de búzios, tarô e cartas.

Também faz simpatias para acabar com dificuldades financeiras e com “dores no corpo”. O atendimento é por telefone.

O pai Jerônimo foi um dos místicos que Giovana Romani e João Batista Jr., da Veja São Paulo, visitaram para escrever a reportagem “Charlatões do amor”. Nas visitas, eles não falaram que são jornalistas.

Susi, a “astróloga do amor”, cobra R$ 50 por uma consulta de 20 minutos, mas para limpar o cliente de “encosto” (macumba feita por um inimigo) o preço chega a R$ 1.400, quantia que pode ser paga em sete parcelas mensais. Trata-se, disse ela, de “oferendas” aos “anjos e aos guias de luz”.

Já o preço de Branca é módico: R$ 30 por sessão de leitura de tarô. Mas o “trabalho” de neutralização de “encosto” sai por R$ 500. Ela usa, nesse caso, sacrifício de animais. “Mexo com rã, galinha e bode.”

Dona Catarina cobra a partir de R$ 50. Seus poderes vêm do tarô da deusa do amor, búzios e cartas indianas. À repórter Giovana, fez previsões como: “Nos próximos dias, um acidente de carro deixará a pessoa amada em coma”, e “você vai atropelar duas menininhas”.

Mas ela garante que pode “abrir o caminho da felicidade” em 24 horas pela bagatela de R$ 588 para a compra de velas e flores a orixás.

Dona Margarida cobra R$ 80 por consulta, e suas previsões não são trágicas, mas excessivamente otimistas. Depois de jogar o tarô, ela disse ao Batista Jr. que no próximo ano ele vai se tornar um pianista famoso.

Batista disse que nunca tocou o instrumento, mas ela manteve a previsão: “[Mesmo assim] pode preparar os dedos, porque eles vão trabalhar bastante”.

Na maior parte dos casos, quem procura esse tipo de charlatões são pessoas emocionalmente abaladas que supervalorizam o transcendente para resolver seus problemas. São mulheres e homens rejeitados, vítimas de infidelidade e pessoas com dificuldade financeira.

São, portanto, presas fáceis, embora, entre elas, existam pessoas com bom nível cultural, como profissionais liberais, professores, comunicadores e donas de casa que fizeram curso universitário.

São pessoas que não desconfiam da enganação sequer quando, por exemplo, pagam R$ 100 ao pai de santo Maicon de Xangô, que diz ter a ajuda do espírito Seu Zé Pilantra.

Fonte: E-Paulopes

Filha de Testemunha de Jeová se mata por ser impedida de dançar na escola

A religião tirou a vontade de Izis Karina viver

Não se tratava de uma balada, dessas em que os jovens consomem álcool e outras drogas. Era uma simples apresentação do grupo de dança da escola Padre João Greiner, em Campo Grande - MS, com a presença de familiares dos estudantes e professores.

Mesmo assim, Izis Karina de 16 anos, que já tinha ensaiado, foi impedida pela sua mãe de se apresentar no grupo. A mãe é Testemunha de Jeová, uma religião segundo a qual deus não gosta que as pessoas dancem, se expressem corporalmente, que se mostrem alegres, felizes. É pecado.

No dia do evento, Izis telefonou para suas amigas do segundo ano do ensino médio para dizer que não iria. A jovem lamentou sua ausência e pediu desculpas. Ela deve ter sentido de novo vergonha da estupidez de sua família. Mas foi a última vez.

Depois do telefonema, Izis se matou com um tiro no peito. A arma do suicídio era provavelmente do pai.

No blog Ex-Testemunhas de Jeová, Pascoal Naib, ao comentar o caso, escreveu que os filhos dos TJs são proibidos de comemorar aniversários e participar de festas, torneios esportivos e eventos culturais. É como se fosse proibido viver. E para Izis, de fato foi.

Fonte: E-Paulopes

19 de junho de 2010

Igreja evangélica luterana libera a ordenação de pastores Gays

Fábio Inácio e Marcos Gladstone
Casal de pastores evangélicos brasileiros

A Igreja Evangélica Luterana da América (ELCA) recebeu diversos pastores Homossexuais em cerimônia em sua sede. A confraternização em São Francisco foi a primeira de uma série que vai acontecer em diversos pontos dos Estados Unidos.

Em agosto do ano passado, a igreja votou pela liberação de pastores Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros. Os pastores devem manter relacionamentos estáveis e não precisam ser celibatários.

Sete desses novos pastores foram recebidos em uma cerimônia especial na Catedral de S. Mark, em São Fancisco, Califórnia.

Os reverendos John Fryckman e James DeLange, ambos heterossexuais, foram pioneiros na luta pela modificação das regras da igreja. Dois dos novos pastores assumidamente Gays já serviam na igreja de São Francisco sob os cuidados deles. Eles consideraram a cerimônia de domingo uma vitória.

No Brasil, a ELCA ainda não tem nenhum representante. A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) mantém um tipo de parceria e intercâmbio com a ELCA, mas não se pronunciou oficialmente sobre o ministério de Homossexuais.

O Pastor Victor explicou que cada “vertente” da Igreja Evangélica Luterana tem uma prática individual, e que a IECLB tem diversos documentos que discutem a questão, mas que nenhum deles é ainda conclusivo.

No começo deste mês, líderes da Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos também votaram a favor de mudanças em sua política. Ainda não é uma decisão confirmada, pois tem que passar pelo crivo de delegados regionais, mas as chances são grandes.

Caso seja aprovada, a Presbyterian Church seria a maior vertente cristã nos EUA a admitir clérigos Homossexuais.

18 de junho de 2010

Programa de computador ajuda igrejas a controlarem quem pagou o dízimo

video


Você quer abrir uma igreja no seu bairro mas não sabe como controlar a arrecadação e a cobrança de dízimo? Seus problemas acabaram.

Agora já existe no mercado um moderno e abençoado software destinado a fazer o controle financeiro da sua empresa, digo... igreja.

O próprio dono do programa explica, com um charmoso sotaque de linguinha presa, todos os detalhes do produto. São quatro versões disponíveis, e todas elas possuem as funções Tesouraria e Contabilidade (jura?).

Você poderá acompanhar facilmente o movimento de caixa, extrato bancário, arrecadação de dízimo, ficha financeira e o patrimônio da igreja.

Com poucos cliques você terá acesso também a relatórios detalhados de cada mês e de quanto cada fiel contribuiu para a obra do senhor.

Assim fica mais fácil cobrar a doação compulsória de quem ainda não contribuiu e constranger aquele que deu pouco a pagar sempre mais.

Não era exatamente disso que deus precisava? Aleluia! Agora sua igreja poderá apurar os bons e maus pagadores e controlar toda a dinheirama que entra.

Estátua de Jesus é atingida por um poderoso raio e pega fogo nos Estados Unidos

Pedindo ajuda desesperado!

Jesus queimou gostoso!

Ficou só o esqueletinho!

Apelidada de Touchdown Jesus, pois parece um juiz fazendo o gesto de gol do futebol americano, a estátua de madeira e isopor foi atingida por um raio no dia 14 de junho.

Em poucos minutos, a monstruosa imagem de 18,8 metros estava completamente queimada, deixando apenas o esqueleto de metal. Pesando cerca de 7,2 toneladas, a estátua ficava em frente à igreja Solid Rock, em Monroe, Ohio.

Um pequeno anfiteatro também acabou queimado com o incêndio. O prejuízo é de US$ 700 mil. A estátua era de beleza controversa, mas a igreja disse que vai fazer o possível para reconstrui-la. Mas será que precisa? Logo ele ressuscita. O cara tem experiência nisso.

De acordo com informações da imprensa local, as companhias de seguro entrevistadas para comentar o episódio qualificaram o ocorrido como "um ato de deus".

Assim nenhuma delas teria que pagar pelo prejuízo, claro. Coloquem tudo na conta de deus, se ele não pagar, nem eu.

Igreja de Brasília é proibida de tocar sinos por causa do barulho infernal


O Ibram (Instituto Brasília Ambiental) proibiu a igreja São Pedro de Alcântara de tocar os sinos por excesso de barulho. A paróquia responsável pela igreja foi autuada por infração à Lei Ambiental.

O instituto foi acionado por um morador que não aguentava mais o barulho. Ficou constatado estar o som acima dos 50 decibéis do limite permitido em áreas residenciais.

A igreja tem até junho para adequar os sinos à lei. O padre Givanildo Santos vai tentar convencer as autoridades sobre a importância dos sinos para o bairro.

O jornal O Globo relata que Larissa Gadelha, do grupo jovem da paróquia, reagiu à decisão com o argumento de que os sinos são um símbolo da liberdade de religião garantida pela Constituição. “Não é possível que os sinos incomodem alguém.”

O que a cabeçuda não entende é que ninguém impede que religiosos toquem seus sinos, desde que não obriguem os outros a escutá-los também.

Liberdade de religião é poder tocar o sino quantas vezes quiser para si próprio. Respeito à lei, e educação mínima, é não deixar o som sair um milímetro da igreja para incomodar os vizinhos.

Isso vale também para pregações de igrejas crentes, quermesses católicas, bandas e fanfarras religiosas. Quem não respeita o próximo e incomoda as outras pessoas não vai para o céu e acaba queimando no inferno.

O correto seria aprovarem uma lei nacional obrigando toda igreja a instalar um isolamento acústico caso produza qualquer tipo de som que possa ser ouvido da calçada do lado de fora. Isso sim seria respeito e cidadania.

Fonte: E-Paulopes

TRE apreende material eleitoral proibido de Anthony Garotinho em igreja

Quem ainda tem coragem de votar em Anthony Garotinho?

Uma operação da equipe de fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio apreendeu centenas de cartilhas denominadas "Manual feminino da cidadania" na sede da igreja Assembleia de Deus, em Madureira.

O material apresenta indícios de propaganda antecipada de campanha do pré-candidato do PR ao governo do Rio, Anthony Garotinho, e do pastor Manoel Ferreira, que deverá concorrer a uma vaga no Senado.

Além de trazer fotos, as cartilhas, com 34 páginas cada uma, fazem referências a realizações do ex-governador e do pastor.

Também foram recolhidas na sede da igreja fichas de cadastramento de fiéis, nas quais são solicitados o número do título de eleitor, zona eleitoral e local de votação. Muitos cadastros já estavam preenchidos com dados dos eleitores.

Promotores do Ministério Público Eleitoral e a equipe do TRE passaram a acompanhar a distribuição das cartilhas há cerca de 20 dias. Segundo o juiz Paulo Cesar Vieira de Carvalho Filho, responsável pela fiscalização da propaganda no Rio, o material vinha sendo entregue durante os cultos da igreja.

"É proibida a propaganda eleitoral dentro de igreja. Isso é uma infração, e todo o material será enviado para a Procuradoria Eleitoral, que tem a atribuição de tomar as medidas cabíveis" - disse Carvalho Filho.

O ex-governador Garotinho afirmou que conhece a cartilha, mas que não sabe quem a produziu. Simplesmente deu uma de João-sem-braço para ver se colava.

Empresa vende produtos com marca 100% Jesus e consumidores já relatam milagres


O vídeo de 1 minuto extraído de um programa de televisão da IMPD (Igreja Mundial do Poder de Deus) mostra um pastor tirando o Satanás do joelho de uma fiel, no qual o danado se instalou havia quatro anos, causando dor e travamento.

O pastor dá à fiel um copo de água mineral: “Tome e receba um milagre. O seu sofrimento vai acabar. Você vai sair daqui correndo.”

A câmera deixa o rosto dos dois e, abaixo, foca três caixas com copinhos de água mineral com a marca 100% Jesus. É um merchandising.

A IMPD é uma das 15 igrejas evangélicas pentecostais que têm parceria com a Invest Group Empreendimentos e Participações de Blumenau, detentora da marca 100% Jesus, criada em fevereiro de 2009.

A página da empresa diz: "Somos uma empresa séria, formada por cristãos da Igreja Pentecostal Primitiva do Caminho, liderada pelo abençoado pastor Élio."

O diretor-presidente da empresa de licenciamento é Christian R. Cavalcanti, 36. Antes de registrar a marca, ele fez uma pesquisa com 1500 evangélicos. "Falaram que eu não deveria usar o nome de Jesus em vão, mas foi a minoria", disse.

Com sede na Indaial, em Santa Catarina, a empresa pretende, com os produtos 100% Jesus, resgatar “muitas almas perdidas e dominadas pelo inimigo”.

Além da água mineral, a empresa comercializa com a marca 100% Jesus leite longa vida, iogurte, arroz, macarrão, macarrão instantâneo, cosméticos, chocolate e refrigerante nos sabores cola, guaraná, limão e laranja. Mas não tem nenhuma fábrica própria.

Na embalagem dos produtos há mensagens de deus tiradas da bíblia e jogos de inspiração divina. O slogan da água mineral é “pura como a sua fé”.

A empresa informa que destina 10% do faturamento líquido às obras sociais e outros 10% para as igrejas com as quais tem parceria.

Até agora, o maior êxito da 100% Jesus é a água mineral. Em abril, o produto já era distribuído por todo Estado de Santa Catarina e parte do Rio Grande do Sul e do Paraná.

Até então, já tinha sido encomendado 1,2 milhão de garrafas de 500ml. A empresa exporta para Angola, Argentina e Venezuela.

Recentemente já surgiram na internet alguns depoimentos de mães que viram seus filhos curados de várias doenças após simplesmente beber da água.

Seguramente outras mães desesperadas vão comprar esses produtos na esperança de curar seus filhos e sua fé cega as convencerá de que funcionou, deixando de levá-los ao médico, óbvio.

Alguém ainda tem dúvida de que religião visa apenas o dinheiro?

Fonte: E-Paulopes