10 de abril de 2010

Zeitgeist: Quando a ciência jogou luz sobre a religião e sua verdadeira origem

video

Zeitgeist - Parte 01


video
Zeitgeist - Parte 02


video

Zeitgeist - Parte 03


Fazendo uma análise das lendas referentes a dezenas de deuses já adorados pela humanidade, encontramos muitos fatores em comum que nos levam a crer que todos são meras derivações uns dos outros. É como uma história que foi ouvida e cada vez recontada um pouco diferente, adaptada para sua época e seus povos.

Porém, é fato que povos primitivos sempre adoraram animais, astros e elementos da natureza e que só mais tarde esses elementos foram se personificando e se transpondo para figuras humanas, ou seja, os deuses modernos.

Assim sendo, percebe-se que quase todos os deuses derivados do mesmo mito de adoração do ciclo solar possuem a mesma história, o mesmo fim e o mesmo recomeço, tudo igualzinho, desde um deus egípcio de 3000 anos ANTES de Cristo até o próprio Jesus, que foi o último deus a ser criado com esse histórico.

Note que Jesus é apenas o mais recente dos deuses criados até o momento, baseado no ciclo solar, e que muito antes dele dezenas de outros deuses com uma história de vida idêntica à de Jesus já haviam sido adorados.

Assista a esse fantástico documentário e conclua por si só. Descubra o que a ciência pode fazer por quem pensa, analisa e investiga fatos reais.

9 de abril de 2010

Traficantes católicos escondem maconha dentro de Nossa Senhora Aparecida

Todas as santas estavam recheadas com a droga

Nossa Senhora Aparecida não escapou da ousadia dos traficantes. Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) descobriram 38 imagens da santa esculpidas em gesso, com a estrutura oca, nas quais estavam escondidos 76 quilos de maconha prensada em tabletes.

Os policiais encontraram as peças no matagal entre as estradas dos Coqueiros e do Taquaral, no bairro de Senador Camará, no Rio de Janeiro, perto de um cativeiro usado por sequestradores de gerente de bancos.

O delegado-adjunto da DRF, Marcelo Martins, explicou que as drogas foram embaladas no Paraguai e enviadas a Foz do Iguaçu, no Paraná.

Lá, um artesão esculpiu as santas com um metro de altura e armazenou dois quilos de maconha por imagem, envoltos em plástico preto. “Antes de chegarem ao Rio, elas passaram por Aparecida do Norte, em São Paulo, para despistar as polícias”, revelou.

O artesão não teve o nome divulgado. “Mas posso garantir que estão sendo monitorados”, avisa Marcelo Martins. De acordo com os policiais, os 76 quilos apreendidos renderiam até R$ 90 mil aos traficantes.

8 de abril de 2010

Pastor pedófilo da Igreja Universal rapta e estupra uma menina adolescente

Templo da Pedofilia

A. S. G., pastor da Igreja Universal, com 31 anos, foi preso em flagrante com uma adolescente de 13 anos que ele “raptou e estuprou” dentro de um carro, lá em Candeias, Bahia. Ele será indiciado pelo titular da 20ª Delegacia, Osman Ordello Guimarães.

Ele era pastor da Universal de Candeias, mas foi transferido há alguns meses para a central, em Salvador. Ele foi encontrado, por um agente da Polícia Rodoviária, sem camisa dentro do veículo e com a menina seminua deitada no banco da frente.

“A garota estava praticamente nua, com um short curto e um top. O vestido estava no banco de trás. A vítima chegou a passar por exame no DPT, mas ela confessou que estava tendo relações sexuais com A. S. G. há três meses”, disse o delegado.

A adolescente se considerava namorada do pastor, que é um homem casado. Pelo fato dos responsáveis não terem conhecimento da situação, ele será indiciado por rapto. Por ter tido relações com a menina de 13 anos, será também indiciado por estupro de vulnerável.

Ainda de acordo com o delegado, a menina teria mentido para a família e não disse que iria para Salvador. A menina falou para a avô que ficaria na casa da mãe que mora em Madre de Deus.

Já A. S. G. disse no depoimento que levaria a jovem para uma vigília - ele também foi pastor da igreja que a menina frequenta. A mãe e a avô da garota não tinham conhecimento do fato.

O carro estava estacionado na estrada que liga Candeias a Salvador e quando o agente da PRE perguntou quem era a garota, A. S. G. disse que era uma sobrinha. “Quando o policial pediu a identidade da menina e perguntou o nome dela e dos pais, ele não soube responder e se entregou”.

7 de abril de 2010

Filha esquarteja os pais porque não quiseram pagar o dízimo que ela devia ao pastor

Lineusa após esquartejar o pais por causa do dízimo

Em Timon, no Maranhão, Lineusa Rodrigues da Silva, de 24 anos, foi presa em abril de 2010 acusada de assassinar e esquartejar seus próprios pais a golpes de machado. As vítimas foram Joana Borges da Silva, 104 anos e que vivia em cadeira de rodas, e Lourival Rodrigues da Silva, de 85 anos.

Após matar os pais, a mulher decepou as mãos das vítimas. Não satisfeita, esfaqueou os pais e deu várias pauladas.

A polícia foi chamada às seis e meia da manhã pelos vizinhos, pois os aposentados tomavam café todos os dias na porta de casa e no dia do crime não haviam aparecido. Estes resolveram entrar na casa e encontraram os corpos esquartejados no chão.

Lineusa foi localizada por volta das oito horas da manhã na cidade. Ela confessou os crimes e deu detalhes de como cometeu o assassinato.

De acordo com o delegado Ricardo Furtado, o crime foi motivado porque os pais de Lineusa não quiseram lhe dar dinheiro para o pagamento de uma dívida de dízimo na igreja evangélica que a filha frequenta. Foi um crime movido por fanatismo religioso.

As primeiras investigações da polícia apontaram que Lineusa já vinha extorquindo os pais há algum tempo. Na noite do crime, a estudante teve uma discussão com seu pai Lorival e exigiu ele que desse dinheiro para sanar dívidas com um pastor. Os vizinhos ouviram os gritos e chamaram a polícia.

No momento da prisão, Lineusa reagiu. Ela tentou agredir a delegada Wládia com cabeçadas, mas acabou sendo imobilizada pelos policiais. Na delegacia, a acusada pediu clemência e chegou a ficar de joelhos diante da delegada. “Eu fiz por Deus”, declarou Lineusa Rodrigues.

A barbárie abalou amigos, parentes e familiares das vítimas. Segundo a polícia, a mãe de Lineusa, vivia entre uma cadeira de rodas e imobilizada em uma cama, enquanto que seu pai apresentava indícios que sofria do Mal de Alzheimer.

A outra filha do casal, Francisca Oliveira da Cruz, informou à polícia que Lorival e Joana adotaram Lineusa quando ela tinha cinco meses. Lineusa foi presa e autuada em flagrante pelo duplo homicídio.

Foi assim que essa serva do senhor retribuiu a seus pais pelo carinho, amor, cuidado, fraldas, comida, banho, presentes e tudo mais que recebeu depois de ter sido adotada. Porque deus é mais, deus pode mais e deus precisa sempre de mais dinheiro.

6 de abril de 2010

Mãe se acorrenta à Igreja Universal para tentar salvar seu filho da lavagem cerebral

Mãe tentando desesperadamente salvar seu filho da igreja

A pensionista Sueli Ferreira de Moura, 42, tomou uma atitude extrema, inusitada, em Campo Grande: ela se prendeu a uma corrente em frente ao templo da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus), um palacete construído na Avenida Mato Grosso, uma das vias mais importantes e antigas da cidade.

E o motivo? “Essa igreja enlouqueceu o meu filho e a população dessa cidade precisa saber disso”, é a justificativa da mulher.

Sueli disse que o filho atua como “obreiro voluntário” da IURD desde maio de 2008 e que, desde então, o adolescente, segundo ela, virou uma “espécie de escravo” da comunidade religiosa.

“Fizeram uma lavagem cerebral no guri. Ele deixou o trabalho por dizer que seu compromisso é com a igreja. Arranjou problemas na escola por conta da igreja, um inferno virou nossas vidas”, protestou.

Ela afirmou que em novembro do ano passado, por não admitir mais a influência sofrida pelo adolescente, ela invadiu o templo da igreja, num dia de culto, assistido por ao menos uma centena de pessoas.

O resultado da “atitude desesperada”, segundo a mulher: um boletim de ocorrência na polícia por crime de perturbação e agressão. “É, eu estou fichada agora por tentar proteger o meu filho”, disse ela.

Sueli disse que tentava falar com um pastor da igreja que teria dito ao filho que ele precisaria emancipar-se [tornar-se responsável pelos atos] da família porque viraria pastor logo.

A mãe quis saber na igreja se era verdade o dito pelo rapaz. “O pastor não quis conversar comigo. Eu ia lá [templo da IURD] e nada de diálogo. Resolvi, então, conversar com ele durante o culto, sabia que naquele dia o encontraria. Foi o que fiz, mas fui dominada antes de se aproximar do local”.

Esse episódio está registrado em boletim de ocorrência policial. Sueli disse ter sido dominada por um homem que identificou-se como delegado da Polícia Civil. “Ele apertou o meu braço e revistou-me apalpando meu corpo todo”.

A mulher contou também que dali do templo foi levada num camburão da Polícia Militar para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento ao Cidadão), onde lá ficou sabendo que o homem que se apresentou como delegado na realidade era o major Haroldo Luiz Estevão, membro da igreja.

A mulher disse ter ficado detida na delegacia e contra ela a Polícia Civil abriu um inquérito por crime de perturbação de sossego. Ela levou o caso à Corregedoria da PM, que apura o caso.

Sueli disse que veio de Recife (PE) em 2007 e, desde então mora em Campo Grande com os três filhos, hoje com 10, 17 e 22 anos de idade. Os dois mais velhos ingressaram na igreja assim que vieram para cá.

Ela disse que o filho maior deixou a igreja tão logo soube que teria de dividir parte do dinheiro com a igreja. O filho do meio, à época com 14 anos de idade, disse a mãe, “foi seduzido pela igreja”.

Na metade de 2008, Sueli conta que o rapaz apareceu em casa com um saco cheio de caramelos que teriam sido adquiridos por uma “obreira” da igreja. O menino disse que venderia as balas nas ruas centrais de Campo Grande, nos semáforos.

Sueli achou que o menino seria recompensado financeiramente, mas não foi isso que aconteceu. “Todo o dinheiro era entregue à igreja”, disse a pensionista.

Entre outubro e novembro daquele ano, o adolescente conseguiu um emprego numa farmácia, mas saiu de lá três meses depois por influência da igreja, segundo a mãe. “Meu filho disse que o compromisso dele era com a igreja e que o trabalho atrapalhava suas missões”.

O rapaz voltou a vender balas e a entregar o dinheiro arrecadado à igreja, segundo apurou a mãe.

Sueli disse que o filho, obreiro voluntário da Universal, estudava até o ano passado na Escola Estadual Luiza Vidal Borges Daniel, no conjunto Buriti e, por problemas supostamente gerados pela igreja, o adolescente teve de ser transferido para a Escola Joaquim Murtinho, centro da cidade.

Sueli disse que era convocada pela diretora da escola Luiza Vidal “quase todos os dias”. Cursando o 9º ano em tempo integral, certa vez, segundo a mãe, o adolescente foi chamado à atenção porque tentou impedir os colegas de assistirem um filme posto pela professora da turma.

O rapaz mexeu no DVD e quis convencer os colegas a assistirem a um documentário que falava sobre o bispo Edir Macedo, que fundou a Universal em 1977, 33 anos atrás. Nesse dia, ele foi parar na secretaria.

Numa outra ocasião, o adolescente pediu a chave de uma sala para a direção da escola, que negou. Passado alguns dias, o rapaz conseguiu pegar a chave sem que os professores vissem e se trancou com colegas numa sala que estava vazia. Lá, segundo a mãe, os meninos começaram a gritar o nome de Jesus e isso atraiu a atenção dos diretores e alunos.

O adolescente foi aconselhado a sair de lá, mas o menino teria dito que não e que a recusa de deixar eles ficarem ali seria “coisa do demônio”. Por conta desse episódio mãe e filho foram parar no Conselho Tutelar.

Mesmo prometendo à mãe que não trataria mais com assuntos ligados à religião, o adolescente retomou suas investidas religiosas na escola, tentando atrair a atenção de outros colegas. Sueli disse que o pai de um aluno cujas ideias do filho o seduziram foi à escola ameaçar de morte o adolescente.

Sueli, então, transferiu o filho para a Escola Joaquim Murtinho, no período da noite. A promessa do menino era a de que se ele estudasse à noite poderia arranjar um emprego. Ocorre que, segundo a mãe, o rapaz faltava às aulas para exercer atividades ligadas à igreja. Sueli voltou a matricular o filho no período do dia.

Entre o fim de 2008 e início de 2009, o garoto, segundo Sueli, trabalhou por três meses numa farmácia da Capital. Mas, ainda conforme ela, por influência da igreja, o rapaz deixou o emprego porque estaria “sem tempo” para dedicar-se a missão religiosa. O ganho com a rescisão trabalhista foi todo para a igreja.

Sueli disse ainda que nos últimos meses o filho pega as roupas novas e as distribui na rua por conta do legado religioso. “Ninguém daqui de casa confia mais nele, ele carrega tudo e doa principalmente para os projetos da igreja”, disse Sueli.

A pensionista disse ainda que confiscou uma caderneta guardada pelo filho, onde aparece somas de dinheiro gastas com os projetos da igreja. “Meu filho arrecada dinheiro para pagar até ônibus fretado para carregar gente interessada em assistir cultos na igreja, isso é um absurdo”, afirmou.

Hoje pela manhã, segundo Sueli, o filho vendia salgados junto com uma fiél da igreja, a quem chama de "obreira". E o dinheiro arrecadado, disse ela, deve ser entrega aos pastores da Universal.

5 de abril de 2010

Pastor com um espírito encorporado roda freneticamente diante de igreja lotada

video


O pastor Adamastor Lariat ficou muito famoso na internet com o vídeo no qual ele fica girando igual a um peão em frente aos seus fiéis, e ganhou o singelo apelido de Pastor Pilão.

Para quem não sabe, pilão é o nome de um golpe feito pelo personagem Zangief no jogo de vídeo game Street Fighter, onde ele fica girando e distribuindo socos nos seus adversários.

Na internet é possível encontrar dezenas de versões dessa cena bizarra com as mais variadas trilhas sonoras, desde He-Man, Michael Jackson e Rainha da Sucata, até La Bamba, Mulher Maravilha e Flash Dance.

Eu escolhi para vocês a versão do peão do baú do Sílvio Santos, que costumava sortear uma casa própria para os participantes.

4 de abril de 2010

Pastor evangélico tenta corromper polícia com 1 milhão de guaranis

Pastor Traficante Marcos Wasilewski

A Polícia Civil de Paranhos - MS prendeu um pastor evangélico que tinha mandado de prisão preventiva do Estado de São Paulo. Marcos Wasilewski, de 45 anos, estava em um veículo Fiat quando foi abordado em operação conjunto com a Polícia Militar.

Em verificação foi constatado uma ordem de prisão preventiva contra Marcos por associação para o tráfico na cidade de Itapeva, interior paulista. Ao chegar na delegacia, o pastor ofereceu ao delegado um milhão e 100 mil guaranis (moeda paraguaia) para que não fosse preso, o que equivale a 409 reais.

“Marcão Pastor”, como é conhecido, colocou as cédulas sobre a mesa do delegado Thiago Passos da Silva e insistiu para que o titular aceitasse. Por conta disso, o pastor foi autuado em flagrante por corrupção ativa.

Marcos foi encaminhado para a cadeia pública de Sete Quedas. A pena para associação para o tráfico é de três a 15 anos de reclusão e para o crime de corrupção ativa é de dois a 12 anos de reclusão.

3 de abril de 2010

Pastor Silas Malafaia exige o dízimo até de desempregado


O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, tem sido tão ávido por dízimo, que agora faz pregação para receber dinheiro até de desempregado.

Em recente programa de televisão, ele disse que o desempregado que receber uma ajuda de parentes ou de amigos, ou ainda o pagamento de direitos trabalhistas, deverá reservar 30% para o dízimo. "Se você receber, por exemplo, R$ 300, a sua semente será de R$ 90,00. Entendeu?"

A "semente" é o dízimo - ou trízimo, como vem sendo chamado na internet - necessário para que deus ajude o fiel a encontrar emprego, segundo o pastor.

Ele também está solicitando uma "semente" a quem paga aluguel, de modo que "o Senhor possa abrir as portas" àqueles que anseiam pela casa própria. Disse que, nesse caso, o fiel terá de pagar em parcelas, do mês em que estamos até dezembro, a quantia que corresponde a um aluguel.

Como exemplo, citou um aluguel de R$ 500. O fiel terá de dividir esse valor por nove meses (de abril a dezembro) para saber que cada doação será de R$ 55.

O aluguel é um dos ítens que mais pesam no orçamento doméstico. Representa cerca de 30% do total dos ganhos de uma família. Quem estiver comprando casa própria - disse o pastor - também deverá contribuir com a quantia equivalente a de uma mensalidade. "É para que deus garanta recursos para quitar a casa."

Malafaia já tinha pedido há poucas semanas R$ 1.000 de cada fiel, em uma campanha para "salvar 1 milhão de almas" por intermédio de sua pregação eletrônica.

O dinheiro seria para pagar o horário na TV de seus programas. De acordo com a página do pastor na internet, até este momento essa campanha já obteve 659 adesões. O que significa em caixa R$ 659.000 - livres de impostos. Ou seja, todos nós trouxas acabamos pagando também.

Fonte: E-Paulopes

2 de abril de 2010

Bruxaria deixa 13 mortos em jogo de futebol no Congo


Torcedor de Futebol do Congo


Um conflito que começou dentro de campo provocou a morte de 13 pessoas e deixou outras 54 feridas em Butembo, na Província de Kivu do Norte (Congo), durante a disputa de um confronto amistoso de futebol.

A maioria dos mortos eram crianças entre 11 e 16 anos, informou a ONU. O governador de Kivu, Julien Mpaluku, que esteve no funeral coletivo, disse que o Estado irá investigar as causas do incidente.

Segundo a ONG Cáritas, que relatou o tumulto em sua página oficial, a confusão começou quase no final do jogo, disputado entre duas equipes locais (Nyuki e Socozaki), quando o goleiro de um dos times se aproximou dos atacantes rivais e aparentemente usou conhecidos passos de magia negra.

Foi o suficiente para que a violência eclodisse de imediato dentro de campo, com trocas de golpes entre os jogadores das duas equipes e também das comissões técnicas.

De acordo com as testemunhas, ao tentar separar os atletas, policiais usaram gás lacrimogêneo e também dispararam tiros para ao alto numa região do campo bastante próxima à arquibancada.

Assustada com a escalada do conflito, a torcida tentou fugir por uma pequena saída. Vários foram pisoteados e morreram por asfixia. Ainda há feridos internados em estado grave.

A polícia justificou os tiros e o gás como uma forma de proteger seu comandante, que teria sido agredido na cabeça durante o tumulto.

Mpaluku confirmou os disparos e também que a torcida entrou em pânico por causa dessa abordagem policial. "Um grupo de 11 pessoas será o responsável pela apuração e punição aos responsáveis", afirmou.

1 de abril de 2010

Os crucifixos estão por um fio na Europa



A Corte Europeia de Direitos Humanos vai dar um infarto no papa. Os juízes do órgão consideraram que o crucifixo exposto nos órgãos públicos da Itália ferem a liberdade de religião e de educação, previstas na legislação da União Europeia.

Soile Lautsi, uma finlandesa que mora na Itália e uma mãe preocupada com a educação de seus filhos, foi ao tribunal pedir a retirada dos crucifixos que as escolas seculares exibem nas paredes.

Como a justiça italiana arquivou seu caso, ela recorreu à Corte Europeia, a qual comunicou que a presença dos crucifixos pode ser interpretada pelos alunos de todas as idades como um sinal religioso e poderia causar desconforto aos alunos de outras religiões e aos ateus.

A Itália prometeu recorrer, mas o estrago já está feito. Discussões por toda a Europa levam a crer que, caso o processo consiga remover os tais crucifixos, isso fará com que todos os outros países europeus tenham que removê-los também.

Quem sabe depois dessa os crucifixos no Brasil acabem caindo também? Já passou da hora, né?