15 de agosto de 2009

O Peixe de Darwin

Periophthalmus modestus

O blog O Peixe de Darwin foi criado para divulgar informações sobre ateísmo e religião, além de servir de base de partida para um debate e reflexão sobre os pontos positivos e negativos dessas duas vertentes.

A intenção não é apresentar ideias prontas ou verdades absolutas sobre o que quer que seja, mas trazer à tona dados, fatos, pesquisas, teorias, crenças, costumes e diferentes modos de encarar a vida, de forma que o leitor possa analisar as informações com discernimento e tirar suas próprias conclusões.

O que deve ficar claro, no entanto, é que este é um blog sobre ateísmo, e não sobre religiosidade, uma vez que ateísmo não é religião. Assim sendo, as notícias sobre religiões, seitas e mitos aparecerão apenas como pano de fundo para ilustrar e contrastar com aquilo que nós não fazemos, não seguimos e não acreditamos.

Porém, não pretendo doutrinar as pessoas ou convertê-las ao ateísmo, pois sei que cada um deve seguir aquilo que seu coração e sua mente acharem melhor. O mais importante acima de tudo é o respeito e a convivência harmônica entre todas as pessoas, sem a imposição de um pensamento ou a exterminação de quem pensa diferente.

O simpático peixinho Saltador-do-Lodo (Periophthalmus modestus) foi escolhido como mascote e símbolo do blog O Peixe de Darwin por ser uma espécie que está exatamente na fase de transição na cadeia evolutiva. Ele desenvolveu a capacidade de respirar dentro e fora dágua, criou membros para caminhar e olhos frontais fora da cabeça para enxergar mais longe em terra firme.

Tal qual descreveu Charles Darwin em seu estudo sobre o surgimento das espécies animais, este peixinho representa um elo evolutivo vivo entre espécies aquáticas e terrestres, e por isso inspirou o nome do blog.

O Saltador-do-Lodo simboliza a mutação, evolução e adaptação dos seres vivos, contrapondo-se com as várias teorias diferentes de criações divinas pregadas por diversas religiões.

Se você deseja aprender, analisar, questionar ideias, pesquisar, produzir novos conhecimentos e tem algo a acrescentar neste debate, seja bem-vindo ao blog O Peixe de Darwin!

Um comentário: