5 de maio de 2010

Por que deus não protege o papa?

video


Todo mundo sabe que deus é todo-poderoso e que não há nada que ele não possa fazer(!) Assim sendo, conclui-se que quem o segue, obedece todas as suas normas e reza todos os dias pode contar com algum grau de proteção. Afinal, um crente fiel, obediente e exemplar deveria levar vantagem sobre os ateus em todos os aspectos da vida, pois o pai supremo não deixaria nada de ruim acontecer a ele.

O que dizer então do papa? Ele que é o representante oficial de deus entre os homens, deveria receber ainda mais proteção divina, não é? Ele não faz nada de errado, prega a palavra de deus, foi escolhido por deus para representá-lo e reza todo dia. Tem o poder até de criar um novo santo com sua assinatura.

Porém não é isso que se vê na realidade. O papa não é diferente de qualquer outro mega artista ou presidente americano. Quando precisa sair em público, ele é defendido pelo exército, por helicópteros com mira a laser, por fuzis, por batedores, por agentes de segurança e por um papa-móvel super blindado.

Ou seja, não há diferença nenhuma entre o papa e um ateu. Ambos morreriam se levassem um tiro no coração, na cabeça ou fossem explodidos por uma bomba. Para se proteger do ataque de fanáticos, o papa precisa contar com toda a logística e tecnologia de segurança disponível, ou seja, sua segurança é feita por homens, não por deus.

O papa não é mais imune a uma doença do que qualquer outra pessoa em iguais condições. O papa não é menos propenso a acidentes, desastres ou catástrofes do que qualquer outra pessoa no mesmo local ou lugar. Se um avião cair com o papa dentro, ele terá o mesmo destino que qualquer outro ateu no mesmo voo. Por isso, caia na real, o papa não vai sair flutuando pelo céu e pousar na terra são e salvo, caso o avião despenque.

Mas por que deus não protege o papa? Bom, pode-se dizer que deus protege o papa na teoria, na ilusão dele, figurativamente, mas não na prática. Na prática, no mundo real, só servem mesmo a ciência e a tecnologia, pois nem deus e nem todos os santos juntos seriam capazes de desviar uma bala sequer disparada contra o papa.

Um comentário: