10 de fevereiro de 2010

A Constituição de um país é um texto político, não um catecismo

video


Este vídeo rebate com argumentos lógicos cada interferência da religião no Estado democrático e nos assuntos públicos, que infelizmente ainda acontecem em países atrasados.

É claro que os crentes não conseguirão compreender a mensagem aqui transmitida, pois têm grande dificuldade de questionar seus próprios erros e entender conceitos racionais.

Mas o resto da população normal poderá perceber como fica clara a ideia de um Estado Laico que respeita os ateus e todas as religiões por igual, sem fomentar ou privilegiar qualquer um deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário